Chernobyl: A catástrofe nuclear histórica, a cidade fantasma!

Chernobyl: A catástrofe nuclear histórica, a cidade fantasma!

Ainda não tão preparado decidi escrever um pouco sobre a tal Cidade Fantasma de Pripyat.

Vamos lá?


A Catástrofe


Quando se fala de catástrofe nuclear, o que vem primeiro na sua mente? Bom se você sabe o que aconteceu em Chernobyl, a sua resposta será referente à ela.



No dia 26 de abril de 1986 ocorreu um dos maiores desastres nucleares da história. A Usina Nuclear de Chernobyl era composta por quatro reatores e às 1h23 deste mesmo dia, um deles acabou explodindo durante o teste de segurança. Só para ter noção da gravidade, saiba que o combustível nuclear é extremamente perigoso e com isso liberou nuvens tóxicas na atmosfera, contaminando cerca de três quartos do território europeu.

Em 28 de abril de 1986 a Suécia liberou um sinal de que algo não estava andando conforme o normal, pois as autoridades detectaram altíssimas quantidades de radiação. No entanto, o líder soviético manteve-se em silêncio até o dia 14 de maio deste mesmo ano.

Após o silêncio mantido por Mikhail Gorbachev, o líder soviético, onde todos já souberam do perigo que estava solto, mais de 100 mil pessoas precisaram se retirar de suas residências onde ficaram dentro do traço da zona de exclusão que até hoje seguem sem volta e não é só isso, depois de alguns anos, uma nova remessa de habitantes, cerca de 230 mil, tiveram o mesmo destino.

Suas consequências



Depois da tragédia foi construída uma barreira de aço e concreto isolando todo o local contaminado, dando-se o nome de Sarcófago. A finalidade desta estrutura é impedir a passagem de uma grande porcentagem de combustível nuclear que ainda permanece no local. No entanto, esta foi apenas uma medida provisória, construída às pressas e podendo durar em média 30 anos.


Mesmo apesar de todo o esforço, estudos científicos afirmam que a população atingida pelo material altamente radioativo sofrem uma série de afecções e que por tal motivo os seus descendentes possuem grandes chances de terem problemas congênitos e anomalias genéticas. Lembrando que estamos falando de todos até mesmo os animais. Isso também faz com que radicalistas se voltem totalmente contra a construção de novas usinas nucleares.

Animais Radioativos

Não tendo muito o que dizer, esse vídeo mostra a adaptação dos animais em Chernobyl. Confira!


Curiosidades


De acordo com o Greenpeace estudo afirma que o número de mortes em longo prazo no mundo provocadas pelo acidente de Chernobyl é cerca de 100.00 pessoas e mesmo que depois de tantos anos ainda continua a fazer vítimas.

Apesar de tanta radioatividade, a Cidade Fantasma de Pripyat virou uma fauna, abrigando várias espécies de animais que precisaram se adaptar ao local.


Já ouviu falar da "Floresta Vermelha"? - Bom, ela precisou ser eliminada e enterrada em um cemitério de resíduos durante a limpeza pós-catástrofe. Esta região foi considerada como uma das mais contaminadas. Seus pinheiros de cor avermelhada morreram após a elevada absorção de radiação.

Deixe de preguiça e comente a sua opinião aqui embaixo! =)